sexta-feira, 27 de maio de 2016

Dia 23 - El Cubo de la Terra del Vino - Zamora - 33 km


Quando cheguei em Villa Nueva del Campean (13,5 km), sentei no boteco para decidir se ficava ou não. Ainda nem tinha dado 11:00hs... tomei uma cerveja,  comi um bocadillo e pá! Estava super bem para andar mais 19km até Zamora. Cansei. Mas deu.




Não sabia que Zamora era isso tudo. Totalmente romana, sem nada de influência árabe na arquitetura. Não que isso seja ruim. Sevilha é quase toda árabe e é linda.  Mas essa coisa romana é majestosa. Grandiosa. E a uniformidade faz a gente se sentir em um filme.






 2  museus legais e bares lindos nas plazas. As igrejas são uma atração à parte. O albergue de peregrinos é super diferenciado, funciona  com donativos e encontrei amigos que eu não via há alguns dias.  Teve jantar comunitário, música e vinho.  Comi bebi cantei e vou dormir cedo pq estou morta. Fui.












4 comentários:

Carmem Silvia De Macedo disse...

Adorei, amiga. Lugar lindo. BJ e já com saudade

Carmem Silvia De Macedo disse...

Adorei, amiga. Lugar lindo. BJ e já com saudade

Valeria disse...



Sonia! to adorando. Tambem me apaixonei por Salamanca.Ficamos num Parador maravilhoso. Meus pezinhos estao coçando aqui para fazer esta caminhada. Me parece que voce esta se saindo muito bem na experiência e se infiltrar na cultura dos pueblos é a melhor delas , ne ! beijão e buenos caminos.

sonia lopes disse...

ValérIa. .. não deixe de fazer esta caminhada! Foi a melhor até hoje!